BEM-VINDO A MAIOR LOJA DE PRODUTOS E MEDICAMENTOS VETERINÁRIOS E AGROPECUÁRIOS DO BRASIL. PRODUTOS PARA BOVINOS, EQUINOS, CAPRINOS, SUÍNOS, BUBALINOS. VACINAS, VERMÍFUGOS, SUPLEMENTOS PREMIX, VITAMINAS ADE, IVERMECTINA, LONGAMECTINA, DORAMECTINA, CARRAPATICIDAS, VERMICIDAS. VENDEMOS HORMÔNIOS PARA BOVINOS, ESTIMULADORES DE ENGORDA, PROMOTORES DE CRESCIMENTO, MODIFICADORES ORGÂNICOS E MUITOS OUTROS PRODUTOS PARA SEU REBANHO.

Hormônios para Bovinos

Ministério altera norma para uso de anabolizantes em bovinos

Animais com a presença de substâncias proibidas poderão ter a movimentação impedida e até serem sacrificados

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) alterou um detalhe da regra que determina o uso de anabolizantes em bovinos de abate. Pela legislação anterior – descrita na Instrução Normativa nº 10, de 27 de abril de 2001 – qualquer substância utilizada para fins de crescimento e ganho de peso, até mesmo um grão de soja usado na alimentação dos animais, poderia ser classificada como anabolizante e, portanto, proibida

A Instrução Normativa nº 55, publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira, 2 de dezembro, corrige essa determinação. A IN mantém facultativa a aplicação de hormônios ou assemelhados para fins terapêuticos e reprodutivos, como sincronização do cio de vacas e transferência de embriões, entre outras atividades.

Segundo o diretor do Departamento de Fiscalização de Insumos Pecuários do Mapa, Ricardo Pamplona, a alteração tem como finalidade aprimorar o texto e esclarecer a regra. Pamplona salienta que os produtos permitidos não acarretarão riscos para a saúde humana, pois se tratam de produtos de uso pontual e não contínuo.

Permanece proibida a importação, a produção, a comercialização e o uso de substâncias naturais ou sintéticas, com atividade anabolizante hormonal, para engordar os animais. A fiscalização caberá ao Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) do Ministério da Agricultura. Os animais com presença comprovada de anabolizantes hormonais serão identificados e não poderão ser movimentados por um período de seis meses.

Também segue proibido o uso dos anabolizantes do grupo estilbeno (Hexestrol, Dienestrol e Dietilestilbestrol). Caso seja comprovada a presença de alguma dessas substâncias no laudo laboratorial, os bovinos serão abatidos compulsoriamente, no prazo máximo de 15 dias, contados a partir da data de notificação. As carcaças dos animais sacrificados não poderão ser destinadas ao consumo humano ou animal, e deverão ser incineradas.

Fonte: Site do MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

NEWSLETTER
NOVIDADES
...

LONGAMECTINA

R$ 137.70

...

Novidaddes Produto 2 - 100

R$ 28.12

...

Novidaddes Produto 3 - 100

R$ 33.75

SOBRE

Gado Forte é a maior loja virtual da atualidade com os melhores medicamentos para o seu gado e entrega garantida!

FORMAS DE PAGAMENTO

Gado Forte © 2018 - Todos os direitos são reservados